Quem sou eu

Minha foto
E aí meus transantes?! Me chamo Vanessa Costa, mas conhecida como Vanne Costa. Estudante de sexologia, apaixonada pelo mundo do sexo. Exibicionista, e amo escrever contos eróticos. Preta, gorda, mulher feminista e empoderada sim!

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Ter que partir.

 E o tempo passa, a gente vai conhecendo cria uma certa admiração. Faz questão de dar carinho, de cuidar. Fica apaixonado já, e de repente, você se transforma na mais nova escrava da carência.

 Ele te trata como uma pessoa comum, sem muito mimo ou carinho. E quando você cobra um pouquinho de atenção ( coisa que não devia ser feita) você só escuta:
- É o meu jeito, sou assim e não vou mudar!
E então você acredita, e toda vez que sente sozinha diz isso pra si mesma.

 É óbvio que a todo momento ele deixa mais do que claro pra você que o que tá rolando não é relacionamento. Vocês não namoram, mas até que o lance é legal. Então mais uma vez você se pega triste se sentindo sozinha, e novamente repetindo para si mesma todas as frases que ele fica dizendo pra você.

 Até que o bichinho da curiosidade faz você fuçar, dar aquela venha stalkeada na rede social. E para a sua surpresa você encontra comentários carinhosos de outras pessoas nas fotos dele, e ele respondendo todos  cheio de carinho. E você? Bem, você ganha um singelo " bom dia ". E tem que ficar feliz por isso.

 Porém, por mais dolorido que seja, você começa a entender que era você que romantizava tudo o que vinha dele. Você achava que o pouco que ele te oferecia era suficiente pra você.
Mas não era!

 Tá na hora! Você tem que partir, tem que arrancar ele de você. Mas infelizmente não consegue, tem medo. Tudo isso por que a sociedade te ensinou que a esperança é a última que morre. Desgraça de esperança!
E o tempo vai passando, você vai mudando tudo em você só pra se adequar ao outro só pra se sentir amada. Mas não se sente!

 O amor só você sente.
 Ele te dá as costas e vai embora.
 Seu ânimo morre.
 Sua vontade de viver morre.
 Seu brilho se apaga.

 E infelizmente você teve que passar por tudo isso para a esperança morrer. Até que finalmente, tudo em você se apaga, e você se pega no escuro, sozinha e sem amor.
Só restou você, e somente você pode se tirar do fundo desse poço. Mas lá em cima, tem uma luz, são os seus sonhos, eles ainda estão lá. Então você se agarra a eles, sobe, e eles te dão mais forças. E você se ama, se adora e então renasce!


 Agora voe...

Vanne Costa.

domingo, 20 de outubro de 2019

A sacanagem de um novo tempo.

  Séculos, séculos e séculos...
Aprendemos prosas, poesias e poemas.
Aprendemos o que é o amor nas histórinhas, principalmente nos romances de gente grande. 
" Ah Romeu! Romeu! Romeu! Meu doce e amado Romeu!"
" Minha amada e adorada Julieta, por ti sou capaz de morrer. "
E morreu, ou melhor, morreram.

 Então veio a Disney e trouxe o seu primeiro conto de fadas, " A Branca de Neve e os Sete Anões". O conto mostrou que somente o amor verdadeiro é capaz de salvar alguém. E então descobrimos o " felizes para sempre."

 Porém com o passar do tempo a verdade veio aparecendo, e no meio de tanta mudança e tecnologia o amor foi se perdendo no meio de tanto ódio e desigualdade. O desrespeito se tornou algo comum. Casamento virou moeda de troca, namoro virou status social. Marido agredir mulher virou rotina, mulher trai o marido como se fosse algum tipo de glória. 

 E os outros?
 É! Os outros, os poucos que ainda acreditam no amor. 
Bem, os outros, entram em um ciclo vicioso da ilusão. Seguem pagando por erros cruéis que não foram cometidos por eles. 

 Homens são iludidos e massacrados só porque alguém disse:
- Eles são todos iguais!
Mulheres são feitas de passatempo ou meras temporarias, enquanto homens fúteis seguem achando que existirá alguém muito melhor. Com a bunda mais redonda e claro com um eterno sorriso de aceitação, que não sai da cara.
E então, tudo vai se acabando. O Romeu e a Julieta se retorcem nos livros, os felizes para sempre vão deixando de existir. 

 E o sexo?
Bem, o sexo perde a graça, perde a sua real essência e principalmente perde a razão. O cheiro de flores e chocolates, passam a ser só cheiro de vodka e cigarro. Os café's da manhã na cama se transformam em ressacas intermináveis. E os que ainda tentam amar começam a recuar, se amedrontar e deixam de sorrir com a alma.

 É verdade que a felicidade não está no outro, é verdade que o amor próprio é importante. Mas tudo isso não quer dizer que amar é pecado. Tudo isso só quer dizer que o amanhã ainda existe e que amar ainda tem um gosto bom. Só nos mostra que ainda existem lágrimas de alegria. 
E que por mais que pareça uma puta de uma sacanagem, amar atualmente se tornou um imenso ato de coragem.


Com todo o meu amor...
Vanne Costa.

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Bem vindos meus transantes!

 Olha só, temos um cheirinho de sexo, cerveja e vape rolando por aqui...

 Demorei, mas criei coragem, e tá rolando. Temos um blog! Uhuuuuuu...
Um espacinho só nosso.
Onde podemos falar o que quisermos falar,
sem medo e sem papas na língua. Rsrsrsrs...

Espero conseguir atualizar esse espaço sempre que eu puder.

Vai ser muito bom ter vocês aqui comigo, tragam o seu copinho de água e o seu preservativo e vamos começar a festa!


  Bem vindos!